ATTAC

ATTAC Marrocos denuncia a ofensiva generalizada

A espiral de endividamento público e repressão da resistência das populações às crescentes medidas de austeridade em Marrocos é denunciada em comunicado da ATTAC/CADTM local. O FMI já estabeleceu o novo menu de medidas de austeridade e o Estado marroquino precavê-se contra a indignação popular com actos de repressão e intimidação brutais.