Notícias

Conforme anunciado anteriormente, realizou-se ontem, em Lisboa, um debate público sobre a dívida soberana. A sessão teve início com breves apresentações feitas pelos 4 oradores convidados, que lançaram cada qual seu mote preferido (pagar, não pagar, suspender, renegociar a dívida externa); seguiu-se o debate aberto, onde participaram cerca de 30 pessoas.

Veja-se a intervenção de um dos membros do público, Nuno Cardoso da Silva, professor de economia:

 

autores: Rui Viana Pereira ; em 17/02/2012
 

Realiza-se dia 16, às 18h, em Lisboa, um debate público sobre a dívida soberana.

Quatro oradores com diferentes visões sobre a questão da dívida pública farão uma introdução ao tema, esperando-se que o público presente dê seguimento ao debate.

Local:

sede da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta,
no Centro de Cultura e Intervenção Feminista,
Rua da Cozinha Económica,
Bloco D - Espaços M e N
(por cima do Pingo Doce de Alcântara)

em 15/02/2012
 

Savas Michael-Matsas, militante trotskista do EEK, dá-nos uma descrição vívida do ambiente de rua e da revolta popular na Grécia, nos dias 12-13 de Fevereiro de 2012. Embora os comentadores de serviço na comunicação social portuguesa insistam na lengalenga economicista do perigo de contágio económico e financeiro, percebe-se que o que começa a assustar realmente os poderes instituídos na Europa é o perigo de contágio insurreccional...

autores: Savas Michael-Matsas ; em 14/02/2012
 

Próxima reunião aberta do CADPP:

28 de Fevereiro, 19 horas

Nas instalações do Centro de Cultura e Intervenção Feminista,

Rua da Cozinha Económica (por cima do Pingo Doce)

em 11/02/2012
 


O verdadeiro valor das notas de euro...

Uma notícia que demonstra de forma indirecta a verdadeira natureza da moeda que utilizamos está a circular a internet. Um artista Irlandês, Frank Buckley, construiu uma casa com notas «descomissionadas», o que quer dizer, notas que foram retiradas de circulação e que portanto foram destruídas. Mas ao verificar esta história que conta a aventura de um artista Irlandês que perdeu a casa graças à crise e que decidiu construir uma casa com «tijolos» feitos de notas rasgadas, podem-se apurar factos sobre o euro que para muitos ainda são completamente desconhecidos.<--break->

autores: João Silva Jordão ; em 06/02/2012
 

Discurso de Sonia Mitralias, membro do comité grego contra a dívida e do CADTM internacional, pronunciado diante da Comissão Social da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, de 24-01-2012, em Estrasburgo, sobre o tema «As medidas de austeridade – um perigo para a democracia e para os direitos sociais».

autores: Sonia Mitralia ; em 05/02/2012
 

Próxima reunião aberta do CADPP:

6 de Fevereiro, 19 horas

Sede da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta,

Rua da Cozinha Económica (por cima do Pingo Doce)

Alcântara

 

em 01/02/2012
 

 

 
 

Suspensão Imediata do Pagamento da Dívida Pública!

 

A dívida pública não é nem uma dívida nem pública.

em 20/01/2012
 

Os juros cobrados pelo Banco Central Europeu (BCE) à banca privada voltaram a baixar para 1% há já alguns dias. Foi o preâmbulo duma injecção de capitais massiva nas últimas semanas, para recapitalizar um conjunto de bancos. A tudo isto vem agora acrescentar-se novo mimo: a concessão de empréstimos implica sempre uma contrapartida de garantias; é claro que não vale dar o relógio de pulso como garantia – existe uma lista de garantias aprovadas. Esta lista, que já tinha sido estendida pelo BCE em Setembro de 2011, voltou agora a sofrer nova extensão – praticamente vale tudo, pouco falta para chegarmos ao relógio de pulso.

autores: Rui Viana Pereira ; em 13/01/2012
 

O Ministério da Educação decidiu entregar 12 milhões de euros adicionais aos colégios privados, que se somam assim aos 253,7 milhões inscritos no Orçamento de Estado. Isto é, um acréscimo extemporâneo de quase 5% em relação à dotação inicialmente aprovada e que, em si mesma, já contrastava com o golpe colossal desferido na escola pública, expresso na redução orçamental de 18% face à execução de 2011.

autores: Nuno Serra ; em 13/01/2012
 

Pages