28/11/2011

Aprender a enfrentar a crise da dívida pública europeia

autores: 

 

 

 

OID-CADTM

 

 
Formação
12 e 13 dezembro 2011 em Vertbois (Liège – Bélgica)

 

Aprender a enfrentar a crise
da dívida pública europeia

 

Línguas de contacto: francês / castelhano / inglês

 

Manhãs: 9:30–13:00

Tardes: 14:00–17:00

 

Segunda-feira 12 dezembro 2011

 

9:30–13:00

Apresentação de Eric Toussaint sobre os últimos acontecimentos da crise internacional, particularmente a fase actual da crise da dívida europeia, e as iniciativas de auditoria cidadã em curso. A apresentação desdobra-se em duas partes de 45 minutos cada, com um intervalo de 15 minutos. Segue-se um debate em plenário.

Eric Toussaint, presidente do CADTM da Bélgica, é doutorado em ciências políticas e participou na comissão de auditoria integral da dívida pública do Equador (2007-2008). É co-editor, com Damien Millet, do livro colectivo A Dívida ou a Vida (La dette ou la vie, Aden-CADTM, 2011). Recomenda-se a leitura do livro antes de participar nesta sessão.

Objectivos para esta manhã: fornecer uma visão geral do estado da crise, a fim de entender o contexto da crise europeia da dívida; dar nota da situação dos chamados países em desenvolvimento (incluindo a China) e dos progressos alcançados por iniciativas como as do Banco do Sul; informar sobre o estado das iniciativas de auditoria em curso na Europa, Tunísia, Egipto, etc.

Pré-requisito: a fim de tirar o máximo proveito da exposição, os participantes devem ler os textos disponíveis em www.cadtm.org:

«No cerne do ciclone: a crise da dívida na União Europeia» (http://www.cadtm.org/Sair-das-crise...,
http://www.cadtm.org/Crash-do-Dexia..., http://www.cadtm.org/O-acordo-da-ci...,
http://www.cadtm.org/Entrevista-de-...).

Cap. 18 do livro La dette ou la vie.

 

13:00–14:00: almoço

 

14:00–17:00

Apresentação de Daniel Munevar: O que fazem os bancos e porque é ilegítima a dívida que eles reclamam aos governos? Como obtêm o dinheiro? O que fazem com as poupanças das pessoas? Relações entre os bancos e o BCE, o Fed, os bancos centrais dos membros da UE. O que são os CDS? O que é o mercado interbancário? O que fizeram os bancos desde a crise de 2007-2008? Como funciona o mercado de títulos secundário? Nacionalizações dos bancos desde 2007. Que tipo de nacionalizações propõe o CADTM?

A palestra subdivide-se em períodos de 45 minutos, com intervalos de 15. Segue-se debate em plenário.

Daniel Munevar é economista e membro do CADTM da Colômbia; coordena a rede do CADTM Caribe-Latina Abya-Yala Nuestra America. Publicou diversos estudos no www.cadtm.org e três capítulos do livro La dette ou la vie.

Objectivos desta primeira tarde: fornecer aos participantes uma visão ampla do funcionamento dos bancos desde 2007-2008, para entender a ilegitimidade da dívida que eles reclamam aos poderes públicos. Esclarecer os diversos cenários do desenvolvimento da crise dos bancos.

Pré-requisito: Para tirar o melhor proveito da palestra aconselha-se a leitura de alguns dos textos disponíveis em www.cadtm.org:

«The small dark secret of European banks» http://www.cadtm.org/The-small-and-...;
«Les dominos commencent à tomber en Europe» http://www.cadtm.org/Les-dominos-co...;
série «In the eye of the storm»;
«Dexia Krach: The start of a domino effect in the EU?».

A sebenta de Daniel Munevar será enviada aos participantes registados, no iício de dezembro.

 

Noite de segunda-feira:

Na noite de segunda-feira 12 dezembro 2011 haverá uma sessão pública do CADTM com Maria Lucia Fattorelli, no âmbito do nosso programa «Segundas-feiras contra a crise». Local: L’Aquilone, Boulevard Saucy, 4000 Liège.

 

Terça-feira 13 dezembro 2011

 

9:30–13:00

Maria Lucia Fattorelli apresentará as conclusões extraídas da sua participação na auditoria à ilegitimidade dos títulos da dívida equatoriana. Como pode essa experiência ser usada na Europa? A palestra subdivide-se em dois períodos de 45 minutos, com 15 de intervalo. Segue-se o debate em plenário.

Maria Lucia Fattorelli, auditora fiscalista, presidente da auditoria cidadã à dívida brasileira, participou na comissão para a auditoria integral da dívida pública do Equador em 2007-2008. Foi responsável pela auditoria aos títulos da dívida. Teve um papel crucial nos trabalhos da comissão parlamentar de auditoria à dívida brasileira (2009-2010). Coordena a preparação de um novo manual sobre a auditoria da dívida.

Objectivos desta segunda manhã: Introduzir os participantes aos ensinamentos resultantes da auditoria realizada no Equador e identificar os elementos úteis à auditoria das dívidas públicas na Europa. Apresentar a experiência da comissão parlamentar brasileira de auditoria.

Pré-requisitos: Leitura de alguns artigos de Maria Lucia Fattorelli, além de outros relativos à auditoria do Equador:
http://www.cadtm.org/Pourquoi-un-au...
http://www.cadtm.org/Lies-and-truth...
http://www.cadtm.org/Le-probleme-de...
http://www.cadtm.org/Rafael-Correa-...
http://www.cadtm.org/An-III-de-la-r...
http://www.cadtm.org/Un-premier-res...
http://www.cadtm.org/Equateur-La-CA...
http://www.cadtm.org/Le-nouvel-Equa...

Textos disponíveis em português:
http://www.cadtm.org/Auditoria-da-d...
http://www.cadtm.org/A-divida-e-ile...
http://www.cadtm.org/Equador-Sobera...
http://www.cadtm.org/EQUADOR-Audito...
http://www.cadtm.org/Um-pais-deve-p...
http://www.cadtm.org/O-exemplo-da-m...
http://www.cadtm.org/O-problema-da-... http://www.cadtm.org/EQUADOR-Audito...

 

13:00–14:00: almoço

 

14:00–17:00:

1. Impacto da dívida na condição feminina: soluções propostas e formas de as integrar no processo de auditoria e medidas a tomar - Christine Vanden Daelen, Monika Karbowska, Sonia Mitralias.

2. A luta na Tunísia e no Egipto para a abolição da dívida odiosa — Fathi Chamkhi (da Tunísia) e um convidado do Egipto.

3. Balanço e avaliação da formação.


Custos de participação:

12 euros por dia (inclui: lanches + almoço + documentação + tradução).
Estudantes e desempregados: desconto de 50%.

Não inclui alojamento.

A sessão de formação é aberta a todos. Os participantes são aconselhados a ler os documentos referidos e a comparecer a todas as sessões.

Inscrição obrigatória.


Contactos:

pauline (at) cadtm.org
+32.472.69.53.57


Formulário de inscrição:

Apelido
Nome
Morada
Código postal
Cidade
País
Endereço email
Telefone


Pagamento:

por depósito ou transferência na conta do CADTM

IBAN: BE06 0012 3183 4322
BIC: GEBA BE BB


Consultar últimas actualizações do programa de trabalhos em:

http://www.cadtm.org...

 

Secção: 
Subscribe to Syndicate