Nicarágua: as origens do regime de Daniel Ortega e da convulsão social de 2018

Numa série de artigos, Éric Toussaint dá-nos os elementos necessários a uma compreensão objectiva da situação social, poítica e económica na Nicarágua de 2018.


 

Sobre o autor:
Éric Toussaint esteve uma dúzia de vezes na Nicarágua e no resto da América Central entre 1984 e 1992. Participou na organização de brigadas de trabalho voluntário de sindicalistas e doutros militantes da solidariedade internacional que partiram da Bélgica para a Nicarágua durante os anos 1985-1989. Foi um dos animadores das FGTBistes para a Nicarágua. Encontrou-se com diversos membros da direcção sandinista: Tomas Borge, Henry Ruiz, Luis Carrión, Victor Tirado Lopez durante o período 1984-1992. Esteve em contacto com o ATC, organização sandinista de trabalhadores agrícolas. Foi convidado para o primeiro congresso da FSLN em julho de 1991 e para o 3º Fórum de São Paulo, que decorreu em Manágua em julho de 1993. No International Institute for Research and Education d’Amsterdam deu aulas de formação, na década de 1980, sobre a estratégia revolucionária da FSLN, antes da tomada do poder no período pós-1979.

Temas: