CADTM - pt

Subscribe to CADTM - pt feed CADTM - pt
CADTM, Comité pour l'abolition des dettes illégitimes
Updated: 10 min 49 sec ago

A Grécia independente nasceu com uma dívida odiosa

Tue, 14/11/2017 - 13:27
Desde 2010 que a Grécia é o centro das atenções. A crise da dívida, gerada sobretudo pelos bancos privados, não é inédita na história da Grécia independente. Desde 1826 quatro grandes crises da dívida marcaram fortemente a vida dos Gregos. De todas as vezes as potências europeias conluiaram-se para obrigar a Grécia a contrair novas dívidas a fim de reembolsar as antigas. Este conluio das potências ditou à Grécia políticas correspondentes aos seus interesses e aos de uns quantos grandes bancos privados, dos (...) - Português / ,
Categories: CADTM

Repúdio das dívidas soberanas: uma cronologia

Tue, 14/11/2017 - 10:09
Desde o início do século XIX, numerosos Estados perderam a sua autonomia, da América Latina à Tunísia, Egipto, Império Otomano, sem esquecer a Grécia. A dívida foi utilizada como uma arma de dominação e de espoliação. Contrariamente à narração dominante, os países da periferia endividados não são responsáveis pelas crises das dívidas soberanas, que na maioria das vezes têm origem nos países capitalistas mais poderosos e se transformam em crises de grande escala, com impacto nos países periféricos. Não são as (...) - Português
Categories: CADTM

Simón Bolívar no labirinto da dívida

Tue, 14/11/2017 - 09:47
Desde o início da luta pela independência, Simón Bolívar , bem como outros dirigentes independentistas, lançou-se numa política de endividamento interno (que acabou por beneficiar as classes dominantes locais) e de endividamento externo junto dos banqueiros da Grã-Bretanha. A fim de pedir empréstimos no estrangeiro, penhorou uma parte das riquezas da nação e celebrou acordos de livre comércio com a Grã-Bretanha. A maior parte dos montantes emprestados nunca chegou à América Latina, pois os banqueiros (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Centenário da Revolução russa e do repúdio das dívidas

Tue, 07/11/2017 - 18:20
Em Fevereiro de 1918 o repúdio das dívidas pelo governo soviético abalou a finança internacional e suscitou a condenação unânime por parte dos governos das grandes potências. Essa decisão de repúdio inscrevia-se na continuidade do primeiro grande movimento de emancipação social que abalou o império russo em 1905. Este vasto levantamento revolucionário foi provocado pela conjugação de diversos factores: o desastre russo na guerra contra o Japão, a cólera dos camponeses que exigiam terras, a rejeição da (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Carta de Sant'Agata dei Goti

Mon, 30/10/2017 - 16:54
No final da década de 1990, mais de quarenta organizações (entre as quais o CADTM) fizeram uma campanha de sensibilização sobre a dívida dos países do Terceiro Mundo, no seio da coligação Jubilee 2000, a Santa Sé constituiu uma comissão que inclui professores universitários, investigadores e juristas (entre os quais o director da Faculdade de Direito da Universidade de Nápoles), a fim de efectuar um estudo sobre dívida e usura a nível internacional. O documento foi apresentado em Sant'Agata dei Goti a 29 (...) - Português / ,
Categories: CADTM

Quem vai estar na cimeira do «Plano B para a Europa»?

Fri, 20/10/2017 - 14:27
Lisboa será palco da 5ª cimeira do Plano B, que pretende discutir alternativas democráticas à União Europeia da austeridade. Neste artigo, o esquerda.net dá-lhe a conhecer alguns dos dirigentes da esquerda europeia que, nos dias 21 e 22 de outubro, estarão na capital portuguesa. No próximo fim-de-semana, Lisboa será palco da 5ª cimeira do Plano B, que pretende discutir alternativas democráticas à União Europeia da austeridade. Neste artigo, o esquerda.net dá-lhe a conhecer alguns dos dirigentes da (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

A reafirmação do repúdio das dívidas é bem sucedida

Fri, 20/10/2017 - 10:58
Antes do início da Conferência de Génova, a Rússia soviética conseguiu assinar tratados bilaterais com a Polónia, as repúblicas bálticas, a Turquia, a Pérsia … Além disso conseguiu estabelecer um acordo comercial com a Grã-Bretanha. Esse acordo, assinado em 1922, validava as leis soviéticas de nacionalização aos olhos dos tribunais britânicos, impedindo que as empresas que transaccionavam com a Rússia fossem molestadas. Durante a Conferência de Génova, a Rússia também foi bem sucedida na assinatura de um (...) - Português / ,
Categories: CADTM

De Genebra a Belgrado: as dívidas públicas no centro dos debates

Fri, 20/10/2017 - 09:54
O CADTM foi convidado a falar em Genebra, 5 de Outubro e em Belgrado, 6 e 7 de Outubro. O programa de actividades foi intenso e muito útil. Genebra, 5 de Outubro: «Debt Conference» Realizou-se em Genebra a segunda edição da Interdisciplinary Sovereign Debt Research and Management Conference, nos dias 5 e 6 de Outubro corrente. Convocado por investigadores universitários (economistas, juristas, sociólogos, entre outros), contou com a participação de uma série de profissionais da finança e (...) - Português / , , ,
Categories: CADTM

Dívida: Lloyd George versus soviéticos

Thu, 19/10/2017 - 13:19
Numa sessão plenária, Lloyd George deu uma resposta que fala por si: «A Rússia pode obter ajuda abundante, mas se quiser obtê-la, não pode comportar-se desta maneira, como se propositadamente quisesse provocar e ultrajar os sentimentos, os preconceitos, os sentimentos da vasta maioria das pessoas (…) Disse preconceitos. Vou citar-vos dois ou três que foram espezinhados no vosso memorando de 11 de Maio. Na Europa Ocidental, quando um homem vende mercadorias a outro, existe um preconceito curioso: (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Em Génova (1922), as contra-propostas soviéticas face às imposições das potências credoras

Tue, 10/10/2017 - 09:08
A 20 de Abril de 1922, Tchitcherine comunica a resposta soviética às propostas ocidentais apresentadas a 15 de Abril. A resposta afirmava que: «A Delegação russa continua a considerar que a situação económica actual da Rússia e as circunstâncias que lhe deram origem justificam plenamente, para a Rússia, a sua libertação total de todas as suas obrigações citadas nas propostas acima mencionadas, pelas razões expostas nas suas contra-reclamações.» Apesar do seu desacordo com as exigências exorbitantes das (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

O contra-ataque soviético: o Tratado de Rapallo de 1922

Mon, 25/09/2017 - 09:24
Este texto, que era uma verdadeira provocação da parte das potências ocidentais, levou a delegação soviética a contactar poucas horas depois a delegação alemã, que era mantida um pouco à margem da conferência pelas autoridades de Paris e Londres. Estas capitais pretendiam convencer os russos soviéticos a aceitar as condições mencionadas anteriormente ou, no mínimo, uma parte delas, para de seguida negociar com os alemães uma situação favorável. A questão russa era claramente prioritária. Joffé, um dos (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Quando recrudescem das tensões com a Coreia do Norte, revisitemos a Coreia do Sul e o milagre desvendado

Sun, 17/09/2017 - 10:13
Para compreendermos melhor as enormes tensões actuais com a Coreia do Norte, é indispensável conhecer a história das duas Coreias desde a Segunda Guerra Mundial, a Guerra da Coreia, o papel do Japão e dos EUA na região e as razões do sucesso económico da Coreia do Sul. Reproduzimos aqui o estudo que Eric Toussaint consagrou ao chamado milagre sul-coreano. Esta passagem foi extraída do seu livro Banque mondiale: le coup d'État permanent, publicado em 2006. O alegado sucesso da Coreia do Sul foi (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Quando recrudescem das tensões com a Coreia do Norte, revisitemos a Coreia do Sul e o milagre desvendado

Sun, 17/09/2017 - 10:13
Para compreendermos melhor as enormes tensões actuais com a Coreia do Norte, é indispensável conhecer a história das duas Coreias desde a Segunda Guerra Mundial, a Guerra da Coreia, o papel do Japão e dos EUA na região e as razões do sucesso económico da Coreia do Sul. Reproduzimos aqui o estudo que Eric Toussaint consagrou ao chamado milagre sul-coreano. Esta passagem foi extraída do seu livro Banque mondiale: le coup d'État permanent, publicado em 2006. O alegado sucesso da Coreia do Sul foi (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

O repúdio da dívida por Portugal em 1837

Tue, 12/09/2017 - 18:47
Após a luta pela sucessão, que durou de 1831 a 1834, a rainha dona Maria II repudiou o empréstimo emitido em 1833 pelo autoproclamado rei dom Miguel. Dona Maria II justificou o repúdio dizendo que os banqueiros não deviam ter emprestado a dom Miguel, por ele ter usurpado a coroa. O empréstimo tinha sido emitido em Paris em 1833, por intermédio dos banqueiros Outrequin e Jauche, no montante de 40 milhões de francos, a reembolsar em 32 anos, com 5 % de juros. Os banqueiros não tinham hesitado em (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

A dívida escondida ilegítima de Moçambique

Mon, 11/09/2017 - 09:04
Realizada à pedido da Procuradoria Geral de Moçambique, a auditoria sobre a dívida escondida de Moçambique (2 bilhões de dolares) começa à ser difundida desde fins de junho de 2017, com alguns meses de atraso. Só as conclusões estão, por enquanto, disponíveis. Elas são claríssimas : além dos limítes levantados pelo gabinete estado-unidense Kroll : grande parte destes empréstimos são ilegítimos. Resumo dos episódios precedentes Em agosto de 2013 foi criada a empresa Ematum (Empresa Moçambicana de Atum) por (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Em 1922, nova tentativa de submissão dos sovietes às potências credoras

Wed, 30/08/2017 - 17:21
Os governos ocidentais apresentaram um extenso programa de exigências visando resolver a seu contento o contencioso à volta do repúdio das dívidas e das expropriações decretadas pelo governo soviético. Estas exigências foram apresentadas em Génova a 15 de Abril de 1922, 5 dias após o início da conferência, num documento intitulado «Relatório da Comissão de Peritos de Londres sobre a Questão Russa». As exigências ocidentais feitas a Moscovo O artigo 1º rezava assim: «Artigo 1. O Governo soviético russo (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Brasil: Visam «Legalizar» Esquema Fraudulento

Mon, 28/08/2017 - 08:41
Panfleto explica, de forma detalhada, como os projetos em tramitação no Congresso Nacional visam dar legalidade a esquema de geração de dívida pública. - Português / ,
Categories: CADTM

O discutível relato de Varoufakis sobre as origens da crise grega e as suas espantosas relações com a classe política

Thu, 24/08/2017 - 13:21
No seu último livro Adults in the Room (https://www.theguardian.com/books/2...), Yanis Varoufakis dá-nos a sua versão das razões que levaram à capitulação vergonhosa do governo de Tsipras em Julho de 2015. Analisa essencialmente o período de 2009-2015, embora também remeta para épocas mais recuadas. Num primeiro artigo sobre este livro (http://www.cadtm.org/As-propostas-d...), analisei de forma crítica as propostas apresentadas por Varoufakis antes de ele participar no governo de Tsipras em Janeiro (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

O jogo diplomático à volta do repúdio das dívidas russas

Mon, 21/08/2017 - 11:03
Em Abril-Maio de 1922, durante cinco semanas, teve lugar uma importante conferência de alto nível. O primeiro-ministro britânico, Lloyd George, desempenhou aí um papel central; o mesmo se pode dizer de Louis Barthou, ministro do presidente francês, Raymond Poincaré. O objectivo central era convencer a Rússia soviética a reconhecer as dívidas que tinha repudiado em 1918 e a abandonar os seus apelos à revolução mundial. A negociação de Génova (1922) Outros pontos constavam da agenda de trabalhos dessa (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

As propostas de Varoufakis que levaram à derrota

Mon, 21/08/2017 - 10:02
No seu último livro, Adults in the Room (https://www.theguardian.com/books/2...), Yanis Varoufakis dá-nos a sua versão das razões que levaram à capitulação vergonhosa do governo de Tsipras em Julho de 2015. Analisa essencialmente o período de 2009-2015, embora também remeta para épocas mais recuadas. Com este volumoso livro (550 páginas na versão original inglesa), Yannis Varoufakis dá provas de ser um grande narrador. Consegue em diversas passagens comover o leitor. O seu estilo transporta-nos de (...) - Português / , ,
Categories: CADTM

Pages